Mais do que um acessório de moda, as capas de smartphone são uma necessidade para o manter protegido.

Sabia que quase metade dos smartphones foram roubados, se perderam ou se partiram?

Segundo um estudo feito pela T-Mobile, os principais acidentes que os utilizadores têm com o telemóvel são:

  • 37% de quebras de ecrã
  • 29% devido a bebidas caídas sobre o ecrã
  • 29% devido a queda em escadas
  • 20% devido a queda na casa-de-banho

Quando isto acontece, os nossos clientes perdem muito mais do que o aparelho, pois têm muita informação no mesmo: contactos, fotografias, música, vídeos… Além de informação profissional, também perdem parte das suas lembranças pessoais. Por isso, contar com uma boa protecção é fundamental, e uma oportunidade para os distribuidores aumentarem as suas vendas.

Escolher uma capa de smartphone pode ser um processo complexo para os nossos clientes, pois existem muitos tipos no mercado e diferentes factores a ter em conta, como a protecção que oferecem, o acesso às ligações, o design e, logicamente, o preço. Ajudamo-lo a vender-lhe a capa perfeita para as suas necessidades.

O primeiro que deve saber ao recomendar uma capa de smartphone é o uso que o seu cliente dá ao dispositivo. Um cliente que só o usa em casa e no escritório não é o mesmo do que um cliente que o usa para desportos extremos, como GPS em actividades ao ar livre ou que o empresta aos filhos pequenos para brincarem. Em função disto, irá precisar de um nível de protecção diferente.

Como já referimos, o ecrã é o ponto mais fraco e o de reparação mais cara. Os modelos com aba a cobri-lo protegem muito mais do que os abertos. A desvantagem é que pode ser desconfortável para os utilizadores que olham frequentemente para o smartphone – não devemos esquecer que, em média, olhamos para o telemóvel de 15 em 15 minutos.

Quanto aos materiais, existem para todos os gostos. Os mais comuns são:

  • Policarbonatos: oferecem máxima protecção e são muito leves
  • Plástico: protegem principalmente de riscos e pequenos golpes; os modelos são muito variados e costumam ser económicos
  • Fibra de carbono: muito fortes e leves, ideais para proteger de golpes fortes em superfícies duras
  • Silicone: protegem de pequenos golpes e riscos. Há muitos tipos de cores e modelos disponíveis e o custo é baixo
  • Metal: principalmente alumínio. Estas capas de smartphone são muito duradouras.
  • Pele: muito populares graças à sua estética, embora não ofereçam a melhor protecção contra quedas

Na GTI temos uma grande variedade de capas para smartphones de vários tipos e fabricantes, que podem completar a sua oferta ao cliente. Pode ver todos os modelos no nosso site aqui

Fonte: GTI