acer-educacion

6 Características dos portáteis perfeitos para ambiente escolar.

O mercado educativo é muito importante para as empresas que fornecem tecnologia, especificamente portáteis. Segundo a consultora IDC, o gasto em computadores, software e serviços de TI em Espanha foi de 508 milhões de dólares em 2014 e espera-se que alcance 528 milhões em 2019, o que supõe um crescimento médio anual de 0,8%. E mais, alguns fabricantes de portáteis falam de um mercado de 816 milhões de euros anuais só em educação não universitária.

Se vai participar em algum concurso em que tenha de disponibilizar portáteis a este setor, damos-lhe algumas dicas para que possa oferecer equipamentos idóneos para o uso em colégios e escolas.

Que características precisam de ter os portáteis para educação?

  1. Precisam de fazer pouco ruído: embora os computadores sejam cada vez mais silenciosos, quando juntamos 25 ou 30 num espaço reduzido como uma sala de aulas, qualquer ruído é amplificado, pelo que recomendamos portáteis sem ventiladores, que são mais silenciosos.
  2. Têm que proteger a vista: as crianças estão em desenvolvimento e são mais sensíveis às radiações emitidas pelos ecrãs, os portáteis com emissões reduzidas são ideais para elas.
  3. Têm de informar o professor: os docentes são gratos ao ver, por exemplo, se os computadores têm a bateria fraca. Alguns modelos de portáteis contam com indicação LED na parte frontal, o que permite estabelecer um sistema de alerta para quando a criança quer chamar a atenção do professor ou responder a questões, através de luzes com cores diferentes, o que se torna muito útil.
  4. O hardware tem que suportar colisões e quedas: as crianças não têm o cuidado devido com os portáteis, pelo que é fundamental que estes possam resistir às quedas. É recomendável que a tampa tenha uma abertura de 180º, uma vez que assim evita que as abas se partam caso sejam abertas com força.
  5. Têm que ser resistentes a líquidos: um problema frequente nos colégios e escolas é que qualquer líquido derramado nos portáteis os deixa inutilizados, por isso é preciso que resistam a este tipo de acidente.
  6. Têm a conectividade adequada: o ideal é contar com pontos de acesso através de cabo de Internet em cada um dos lugares, situação que raramente acontece nas escolas, pelo que é importante que os portáteis tenham uma conectividade superior de Wi-Fi, embora não se descarte a necessidade das portas de Internet.

A Acer tem uma gama de portáteis, gama B, específica para colégios e escolas. Nela destacamos o seu novo modelo, o B117 que conta com todos estes requisitos, oferecendo um rendimento muito bom a um preço competitivo.

Poderá ver mais produtos deste fabricante na nossa zona ACER.

Fonte: GTI – Gloria Cuesta