virus email

O “Ransomware” é uma das ameaças de segurança mais críticas para as empresas. Explicamos-lhe o que é e como evitá-la.

Segundo estimativas dos especialistas, os vírus tipo “Ransomware” infectam cerca de 1.000 computadores por dia. Trata-se de um tipo de vírus, normalmente distribuído por e-mail, que encripta e impede o acesso a determinadas partes do sistema informático ou a ficheiros, até a empresa ou indivíduo afectado pagar um valor monetário num curto prazo de tempo.

É um tipo de ameaça que pode ser muito problemática para as empresas, uma vez que se espalha muito rapidamente entre membros da organização, e uma vez dentro do sistema pode infectar e ser transmitida através de ficheiros partilhados. Além disso, tradicionalmente os anti-vírus não identificam nem evitam este tipo de ataques.

Assim, como é que o seu cliente se pode proteger desta ameaça? O Kaspersky Lab dá-nos o segredo.

Medidas de segurança para se proteger contra Ransomware

Activar soluções perimetrais de segurança nos sistemas de correio electrónico, para prevenir a recepção de mensagens com o vírus. Caso não se conte com este tipo de soluções, o Kaspersky Lab conta com um módulo anti-vírus que pode filtrar qualquer e-mail que contenha ficheiros em anexo que possam conter o vírus.
Evitar descarregar ficheiros suspeitos que não provenham de contactos de confiança.
Actualizar o anti-vírus para o Kaspersky Security 10, que pode ser configurado para aumentar a protecção.
• Ter a base de empresas de segurança actualizada.
Activar e configurar os componentes seguintes: System Watcher, Kaspersky Security Network (KSN) e o módulo de controlo de actividade de aplicações.
Desmarcar no Explorador de ficheiros do Windows a opção “Ocultar extensões para tipos de ficheiro conhecidos”
• Ter backups e cópias de segurança de todos os dados.
• Manter todo o software actualizado.

O que podem fazer os meus clientes caso tenham sido infectados com Ransomware?

Caso os nossos clientes se encontrem nesta situação em que temos uma infecção deste tipo de vírus, as medidas a tomar são:

Desligar o equipamento infectado e isolá-lo da rede.
Recuperar as Volume Shadow Copies entrando no sistema em modo seguro.
Restaurar as cópias de segurança e recuperar os ficheiros com ferramentas como estas da Kaspersky ou outras de terceiros.
• Pode também pedir assistência à Kaspersky abrindo uma ocorrência no seu site.

Com estas medidas poderá ajudar os seus clientes a estarem mais protegidos. Pode saber mais sobre as soluções da Kaspersky no site da GTI.

#segurança, #vírus, #Ransomware #kaspersky licenças
Fonte: GTI – Alberto López